A consulta

Toda boa consulta deve começar com uma boa avaliação.

Adriano Toshio Miura

Crefito-3: 145658-F

RE: 10859-SP

Avaliação por aparelhos:

A utilização por aparelho nos proporciona uma avaliação qualitativa (apresenta o funcionamento do corpo - capacidade de adaptação do sistema) e quantitativa (a mensuração em forma de números e gráficos) são eles:

- Baropodometria: baro (pressão), podo (pés), metria (medida), este aparelho mede a pressão e oscilação do centro de gravidade do paciente. Estes valores são importantes para saber se existe uma alteração na pisada do paciente e se o sistema está estável como um todo.

- Nerve Express: Este aparelho tem a função de calcular a variabilidade cardíaca, este valor vai apresentar a capacidade de resiliência do corpo a estresses, principalmente, em relação a questões emocionais.

Avaliação clínica:

Do geral ao específico, vamos avaliar a tratar o paciente da cabeça aos pês, literalmente.

Nos testes clínicos vamos utilizar recursos de:

- Avaliação globais (ex: Posturodinâmico e a avaliação postural) que nos proporcionam uma visão de todo o funcionamento do corpo do paciente;

- Testes específicos conforme a demanda do paciente (ex: agachamento e palpação para o joelho, teste de amplitude de movimento para os ombros, teste de tossir para comprovação de hérnias de disco, entre outros).

História do paciente:

Tudo o que o terapeuta precisa saber o paciente diz nos primeiros 20 mins. O segredo é fazer a pergunta certa!

Uma boa coleta da história do paciente é essencial para uma boa conduta do tratamento, compreender como a doença se instalou, como foi o nascimento e a infância desta pessoa, a sua relação com os pais, sua visão a respeito do mundo e de sua doença. Todos estes fatores vão nos dar as informações para focarmos em trabalhar mais sobre as questões físicas, emocionais ou ambientais do paciente.

Atendimento

A partir de uma abordagem baseada na saúde integrativa vamos identificar as causas emocionais, físicas e ambientais que estão prejudicando a sua saúde e já na primeira consulta, iremos promover mecanismos para a reestruturação do organismos, autoconhecimento e a estimulação para a autocura.

Tratamento Físico

Compreender a “hierarquia” na formação dos tecidos e as noções de hipomobilidade e hipermobilidade são essenciais para um tratamento sobre as questões físicas.

“Hierarquia dos tecidos” – Se trata de um conceito baseado na embriologia, que consiste em: Os tecido que são formados primeiro (epiderme, sistema nervoso, sistema circulatório e sistema visceral) vão ser protegidos pelos tecidos secundário (Músculos e ossos). De uma forma bem simples, uma dor musculoesquelética pode ser causada por uma alteração epiderme (emocional), neural, circulatório e/ou sistema visceral.

Hipomobilidade e hipermobilidade – Este conceito consiste em uma articulação que se movimenta muito (hipermobilidade) para suprir uma outra articulação que está se movendo pouco (hipomobilidade), esta adaptação é positiva, pois permite o funcionamento do sistema, mas a longo prazo pode gerar dor e até acarretar em um desgaste articular.

Atendimento: A consulta dura cerca de 1:30hr e nela realizamos uma avaliação geral e específica, e a partir do que foi visto na avaliação vamos buscar tratar as causas que trouxeram as queixas do paciente. De uma forma geral iniciamos com liberações neurais, em seguida liberações fasciais e estimulações centrais via sistema auricular. Ao final buscamos realizar ajustes específicos, tratar a região dolorosa e oferecer estímulos a médio prazo para o paciente manter o ganho da sessão.

OBS: Cada sessão é diferente e nos adaptamos a necessidade que o paciente busca para ser atendido.

 

Técnicas utilizadas: Prática neurossensorial (PNS), Osteopatia – Terapia Manual Analítica, Formação Internacional em Stabilization, Formação em Clinic Biomechanics whit orthotics building, Formação Internacional em Crochetagem Miofascial, Formação Internacional em Pilates Internacional, Formação Internacional em Kinesio Taping, Quiropraxia Clínica, Tratamento de Hérnia de Disco, Liberção de Pontos Gatilho, Liberação Miofascial e Treinamento Proprioceptivo Dermoneuromodulação (DNM) e, Fisioterapia integrativa, Neuromodulação fascial e auricular em posturologia, Podoposturologia – Regulação postural através de palmilhas.

Para um bom trabalho sobre as questões emocionais o paciente precisa ter estas três condições:

Sentido – Ter um motivo para vir à consulta.  “O pior” paciente que eu posso querer atender é aquele me responde – “Estou aqui porque a minha mãe mandou.”

Permissão – O paciente se permite trabalhar aquele assunto. “Eu quero resolver isso.”

Engajamento – O paciente diz: “Eu consigo trabalhar isso.”

Atendimento: A consulta dura cerca de 1:30hr e nela realizamos uma avaliação geral e específica, em seguida buscamos dar a consciências de quais os padrões de comportamento estão sendo repedidos para a manutenção da queixa e possibilitamos novas ferramentas e formas de mudar a percepção perante o conflito. Em segundo momento, na mesma consulta, realizamos um trabalho corporal buscando apresentar as informações ao subconsciente e inconsciente do paciente. Com isso, oferecemos ao paciente uma nova “direção” em relação ao conflito atual e apresentamos ao corpo onde os “traumas”, que nos impedem de seguir, devem ser liberados. É sempre importante destacar que a jornada é de cada um, logo, o paciente precisa ser protagonista da sua própria vida.

OBS: Cada sessão é diferente e nos adaptamos a necessidade que o paciente busca para ser atendido.

 

Técnicas utilizadas: Microfisioterapia, Nova Medicina Germânica (NMG) – Leitura Biológica, Memória da Informação – Ciclos de uma vida, Hipnose Clínica, Prática neurossensorial (PNS), Dermoneuromodulação (DNM), Fisioterapia integrativa, Neuromodulação fascial e auricular em posturologia, Podoposturologia – Regulação postural através de palmilhas.

Tratamento Emocional

Um ambiente “ruim” otimiza o aparecimento das doenças. O ambiente influência em 80% (Epigenética) das nossas doenças e apenas 20% é genético.

Cuidar do ambiente (onde dormimos e do nosso posto de trabalho) e da nossa alimentação é essencial para que todo o sistema funcione com baixos níveis de estresse e sem sobrecargas.

Atendimento: As técnicas de ambiente são oferecidas de forma assessoria as técnicas emocionais ou físicas. Para aplicar a técnica no ambiente físico pedidos ao paciente para descrever como é seu ambiente domiciliar, principalmente o quarto e o seu ambiente de trabalho e a partir disso realizamos uma análise energética orientamos mudanças que podem ser realizadas para melhor fluxo de energia. Para o trabalho sobre as questões alimentares orientamos o paciente a realizar uma modulação intestinal, com o objetivo de “dar férias ao intestino” reestruturando todo o sistema gastrointestinal.

Técnicas utilizadas: Curso Internacional de Geobiologia - Ambiente e Saúde e Fisioterapia integrativa.

Ambiente

 
 
 

Siga

  • instagram-icone-icon-2
  • YouTube

Alameda dos Maracantins - 1435, sala 1112

(11) 98478-5478

(11) 4179-9868

Ir para o Topo

​© 2019 por Adriano Miura. Criado por Felipe Seri.